Segundo a Agência Internacional de Energia Renovável (IRENA), os Custos Nivelados de Energia (LCOE) de usinas e telhados solares fotovoltaicos registraram quedas notáveis desde 2010.

Como mostra em seu relatório anual “Custos de Geração de Energia Renovável 2019”, elaborado com dados de 17 mil leilões de energia no ano passado, o LCOE para usinas solares hoje é de US$0,068/kWh (quilowatt-hora).

Em 2010 o mesmo kWh custava US$0,378, uma queda de 82% e muito acima das demais tecnologias de energia alternativa, como a eólica em terra, que caiu 39%.

De acordo com a IRENA, essas reduções nos custos se devem a melhorias na tecnologia, economias de escala, competitividade entre fabricantes e à crescente experiência dos desenvolvedores.

Como resultado, as renováveis seguem na liderança dos investimentos anuais feitos em nova energia no mundo, respondendo por 72% da nova capacidade instalada em 2019.

Também significa mais capacidade instalada de energia limpa com a mesma quantia de investimento.

Segundo a IRENA, os 88 Gigawatts (GW) de renováveis instalados em 2010 custaram US$210 bilhões, enquanto em 2019 o dobro dessa capacidade custou US$253 bilhões.

Em capacidade mundial acumulada, a energia solar fotovoltaica cresceu de 40 GW em 2010 para 580 GW em 2019.

As placas fotovoltaicas, equipamento mais usado na tecnologia, registraram a maior depreciação entre os componentes do kit de energia solar, 90% segundo o relatório.

Por outro lado, esse barateamento da tecnologia puxou a queda dos custos das instalações residenciais e comerciais de sistemas de energia solar, que caíram entre 42% e 79%, dependendo da região.

Embora a pandemia do Covid-19 deva desacelerar a implantação de novos projetos solares eólicos este ano, a IRENA prevê que ela não conseguirá frear a queda dos seus custos.

Com base nos preços mais recentes comercializados por usinas solares, a agência estima que a solar possa atingir média de US$ 0,039/kWh no ano que vem, queda de 42% e cerca de um quinto do preço comercializado por usinas a carvão, a mais barata dentre as fontes tradicionais.

Fonte: Blusol